7 dicas para um período "zero-waste"

  • 4 min ler

No mundo actual, ser "zero-waste" é quase impossível de conseguir, mas todos os pequenos passos são importantes.  "Zero-waste" é um movimento que tem como objectivo, não gerarem desperdício no seu dia a dia. Parece fácil? Não é fácil de conseguir sozinho, só uma acção concertada de todos, unidos por um mundo com menos desperdício é que será possível. Temos confiança de que um dia teremos uma sociedade "quase" Zero waste.

E o que é um período zero-waste? Um período zero-waste é um período que não gera desperdício. Isto parece difícil, mas lembre-se que todos os passos para um mundo mais sustentável ,contam!

Imagine só isto,  metade da população mundial menstrua durante 40 anos, 13 vezes por ano, em média 5 dias por ciclo. Agora multiplique por um minimo de 6 tampões e pensos ,por dia de cada ciclo. Fizemos as contas e isto significa que cada mulher usa, no mínimo, durante a sua menstruação, 15.600 produtos. Isto facilmente duplica nos casos de fluxo intenso, e rapidamente se amontoam toneladas de lixo por lar! Agora imagine as quantidades por cidade? Por país? Por continente? Está perdido? pois...são muitas toneladas!

A verdade é que as praias Europeias estão cheias de lixo, e o lixo de pensos menstruais e tampões são o 5.º item mais encontrado nas praias e no mar! Para além de ser horrível aos nossos olhos é também perigoso para ao nosso eco-sistema, biodiversidade e  qualidade da água em geral. 

Se está, neste momento, a sentir-se, de algum modo, culpada pela sua menstruação, não esteja! Não é ela que polue o planeta, mas  sim as soluções que os fabricantes encontraram para fazer resolver a recolha do nosso fluxo menstrual. Não há nada que uma mulher possa fazer relativamente ao seu ciclo menstrual, é tão natural como beber e comer. Mas o que nós hoje podemos fazer, é mudar os nossos hábitos e estar mais conscientes sobre o nosso impacto mensal no ambiente e lembrarmo-nos que os pequenos gestos, todos somados, fazem um grande gesto! 

Vai haver sempre algum lixo associado aos períodos porque o fluxo menstrual tem que ir para algum lado. A questão que se coloca é para onde e como se faz o seu tratamento, após a sua utilização. Temos aqui algumas dicas que a podem ajudar a encontrar soluções para um período mais sustentável:

1. Copo menstrual

São uma óptima solução! Só precisam de ser esterilizados, introduzidos correctamente na vagina com um pouco de lubrificante para facilitar a entrada, esvaziá-lo ao final de 12 horas, passar por água e voltar a colocá-lo. Nem toda a gente se sente confortável com o copo menstrual, mas não tem mal, temos mais sugestões para um período saudável! 

2. Cuecas menstruais

As cuecas menstruais estão actualmente na moda! Na verdade são cuecas normais, mas com uma capacidade absorvente grande que permite usar durante o período, sem ser necessário usar tampão ou penso! É uma óptima forma de ter um período zero-waste, mas adequa-se mais para as mulheres com fluxo pouco intenso!

3. Pensos de pano reutilizáveis

Os pensos de pano eram uma coisa do passado que foram recuperados pelo movimento Zero-waste. Funcionam como pensos normais, mas são de pano e têm que ser trocados com a frequência de um penso normal. Depois de usados têm q ser lavados à mão com água fria para tirar o fluxo, e só depois devem ir à máquina! Para mulheres com fluxo muito intenso pode não ser a solução mais prática!

4. Escolher produtos 100% algodão orgânico:

Usar tampões significa literalmente usar algo dentro  da nossa vagina, algumas horas por dia, durante o ciclo menstrual. Se pensarmos bem no assunto, é bastante íntimo! Então, o que prefere por dentro da sua vagina? Plástico? Toxinas como cloro e lixívia? Ou apenas algodão? De preferência orgânico, claro! O algodão orgânico é tão bom para sua saúde como é para o planeta, pois para além de biodegradável, na sua produção não são usados pesticidas e químicos, cujos resíduos podem aparecer no produto final. Uma dica, escolha sempre algodão orgânico certificado para ter a garantia de que o algodão é realmente orgânico, e de que os trabalhadores são tratados  com justiça e têm ordenados justos. 

5- Escolha biodegradável

Se há uma coisa que os pensos tradicionais não são é serem biodegradáveis! Cada camada de plástico demora décadas para se decompor e quando isso acontece, transformam-se em microplásticos que poluem e destroem o ecosistema marinho, e acabam por aparecer na sua mesa, numa refeição à base de peixe! Isto pode evitar-se ao escolher pensos feitos com materiais naturais como fibra de bambu, ou algodão

6- Diga adeus às toxinas

Fibras sintéticas, aditivos químicos, fragrâncias, corantes, lixívia, pesticidas, latex, petróleo...sim, tudo isto faz parte da composição de um penso ou tampão convencional- uma lista de ingredientes raramente publicada. Se for ver a lista de ingredientes da sua marca tradicional vai encontrar...nada. Os fabricantes não são obrigados a declarar a composição deste tipo de produtos, incrível, não é! Passamos horas a ver a lista de ingredientes do que comemos, mas nunca nos passou pela cabeça saber a composição dos produtos que pomos na nossa vagina, um local tão susceptível a infecções! Por isso, escolha sempre produtos com ingredientes naturais pois estão livres de químicos e  declaram a sua composição nas embalagens!

7- Diga não à embalagem de plástico

Sinceramente, embalagens de plástico já é conversa do passado, escolha as marcas que usam bio-plástico, feito à base de amido de milho e biodegradável! No caso dos tampões sem aplicador e com aplicador, já é possível encontrar no mercado estes produtos embalados individualmente em papel!

Lembre-se sempre, que cada gesto, por mais pequeno que lhe pareça e por isso desnecessário pois não vai ter impacto nenhum ao se juntar a milhões de outros pequenos gestos vai ser um grande gesto e ter um grande impacto! Só precisamos não desistir e acreditar que fazemos a diferença!

Que dicas tem para uma vida Zero-waste? Partilhe as suas ideias connosco!

Deixe um comentário

Procurar

Portuguese (Portugal)